Obrigado, e vamos juntos.

Este é o último texto do Lar Montessori em 2014. Nós já até temos um texto delineado para começar 2015 com o pé direito. Mas queremos nos despedir aqui do que, para nós, foi o melhor ano até agora. O ano em que conseguimos levar Montessori para mais gente, mais lugares e mais iniciativas. Nós vamos ficar longe até o meio ou final de janeiro – um mês. Mas o motivo é bom: eu (Gabriel) estou escrevendo um livro. E a ideia é tê-lo pronto pelo início do ano. Por isso, é necessário um afastamento breve.

O livro vai ser uma introdução aos princípios do método Montessori, em uma tentativa de recuperar as palavras de Maria Montessori e o sentido original de algumas de suas formulações. Quero que seja um livro de leitura fácil, leve, gostosa. Cheio de exemplos e citações retiradas dos livros mais importantes de Montessori. Não vai ser um manual de aplicação – isso, a Montessori deixou pronto para a gente no Dr. Montessori’s Own Handbook e no Pedagogia Científica. Vai ser um livro discutindo princípios fundamentais do método. Mas não é disso que queremos tratar neste texto.

Queremos, aqui, desejar a cada um de vocês, de verdade, com um abraço, um final de ano excelente. E um começo de ano melhor ainda. Queremos deixar um campo de flores de gratidão. Uma floresta inteira, verde e viva, de alegria e vontade. Queremos dar a você um calor intenso de raios de sol fortes e cheios de energia. Queremos dar a você o brilho do olhar da criança quando olha a libélula tocar a água em busca de alimento.

Nesse final-começo de ciclo velho-novo, queremos desejar a você mais encanto profundo com seus filhos, mais sorrisos tranquilos e caretas de concentração com seus alunos, mais conquistas com os seus pacientes. Queremos desejar a cada uma das crianças com quem você (con)vive um monte de chances de ver céus cheios de estrelas, mares cheios de água e de peixe e de planta. Praias cheias de areia e concha. Campos cheios de grama e grilo. Bosques e praças cheios de árvore, de flor e de raiz grande para sentar e descansar à sombra das folhas, lá no alto.

Nós queremos desejar a você a chance nova de mergulhar fundo no silêncio, de penetrar no íntimo das (não)palavras e de se emaranhar na confusão de muitos aprendizados novos de uma vez, para se desemaranhar depois e organizar conhecimentos novos, como a criança que separa, tom a tom, sessenta e três cores diferentes em um tapete, em uma sala na qual outras trinta crianças fazem outras trinta coisas diferentes, organizadamente também. Nós queremos que você possa acreditar. Na criança. Na capacidade interior fenomenal da criança. Queremos que você acredite que crianças podem aprender sozinhas. Queremos que você acredite que elas são as construtoras da humanidade. Foi isso o que tentamos costurar esse ano, e agora, que é hora de entregar o presente, este texto é só o embrulho, o pacote, e o cartão. O presente mesmo é o agora. É a sua vida e a da sua criança. O presente é o que você faz. O que a gente faz. A vida que a gente vai costurando no tecido puído e brilhante do tempo.

A gente vai desejar um Feliz Natal, para todos os que comemoram o Natal, um ótimo Ano Novo, para todos os que têm em 31 de dezembro e 1º de janeiro o marco da virada de um ciclo anual. A quem comemora diferente, acredita diferente e vive com outras datas, pedimos com toda a gentileza e humildade verdadeira, que considerem esse texto quando o seu ciclo for recomeçar. Este não é um texto datado. Ele é só um pacote. Você coloca dentro o presente que quiser. O presente que for o seu.

Um grande abraço, cheio de carinho, imenso de gratidão, feliz de conquista, esforço recompensado e votos longos e intensos de um 2015 incrível, cheio de descobertas. Votos de um “mundo novo, cheio de milagres”!

Gabriel, e o Lar Montessori.

PS: Se você gostaria muito de ter o que ler nas férias, nós preparamos uma lista com quatro textos, um para cada semana de nossa ausência, que já foram publicados no Lar Montessori, mas que vale ler de novo:

  1. Sobre Brinquedos que Brincam Sozinhos
  2. Natal Sem Noel: Uma Perspectiva a Favor da Imaginação
  3. Manual do Proprietário de Uma Criança Montessori
  4. O Buraco Negro e As Estrelas: Formas de Disciplina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s