Curso – Montessori: Viver em Paz com Crianças

Objetivo

Desde a primeira aula, aproximar-se da paz com as crianças, e terminar o curso com suas relações profundamente transformadas.

Conteúdos

Parte 1 – Conflitos entre adultos e crianças

  • O Trabalho do Adulto e o Trabalho da Criança
  • Características do Trabalho da Criança
  • A Origem dos Conflitos

Parte 2 – A Mente da Criança e o Desenvolvimento Infantil

  • Mente Absorvente
  • Guia Interior
  • Períodos Sensíveis
  • Período Sensível do Movimento
  • Período Sensível da Ordem

Parte 3 – Paz Entre Adultos e Crianças

  • O que Queremos de Nossos Filhos
  • Crianças Obedientes Não Ficam Quietas
  • Prêmios e Castigos
  • Um Cérebro que Sabe Fazer Coisas
  • Primeiro, a Concentração
  • O Ambiente da Criança

Parte 4 – Respostas Montessorianas

  • Como lidar com exceções e com ambientes diferentes do comum?
  • Qual a importância da Natureza na vida da criança?
  • Crianças precisam dividir?
  • Por que crianças fazem birra?
  • Vamos aprender a amar

O que você ganha se matriculando cedo:

  • Acesso vitalício ao conteúdo do curso
  • Acesso vitalício ao conteúdo deste workshop (aulas + material)
  • Acesso vitalício ao Minicurso de Introdução a Montessori
  • A primeira parte do meu livro, Princípios de Montessori para Famílias
  • O e-book Crianças Obedientes Não Ficam Quietas

O conteúdo que você receberá ao se matricular custaria R$152,00

Inscrevendo-se agora, você recebe tudo por R$40,00

Estas condições permanecerão por: 3 DIA(S) 


Veja o que outras pessoas já disseram sobre o trabalho do Lar Montessori:

Depoimento do Felipe, de Piracicaba:

Quem já fez o curso [de Introdução a Montessori] sabe que é um divisor de águas na aplicação do método em casa. Para quem abre o coração e vem com a disposição sincera de aprender e aperfeiçoar o maternar e o paternar, o curso é de uma utilidade maravilhosa para o nosso cotidiano. Digo e repito que esse foi o melhor investimento que eu poderia ter feito pela minha autoeducação e pela educação do meu filho.

Depoimento da Tati, de São Paulo:

Quando minha bebê estava com 1 ano e 8 meses ela estava muito irritada e até agressiva em alguns momentos. Na minha sensibilidade materna, achava que ela estava frustrada. Fazendo diversas pesquisas na internet cheguei ao seu Circulo de Estudos. Aplicando Montessori em casa, tive melhoras com a minha bebê já em 15 dias. Ela passou a ser muito mais carinhosa e comunicativa. Todos elogiam e se surpreendem com o quanto a fala dela se desenvolveu. Mas para mim, o ganho foi ainda maior, pois nos seus estudos consegui perceber que você entende muito bem a profunda essência e grandiosidade do trabalho de Maria Montessori e consegue transmiti-la perfeitamente. Poucos adultos preservam a infância, mas por meio do seu trabalho pude achar respostas e dar um futuro melhor pra minha filha.

Depoimento da Letícia, de Ribeirão Preto:

Tomei conhecimento do método via internet, conheci o trabalho do Lar Montessori e fiz curso presencial de introdução ao método com Gabriel. Foi um divisor de águas. Transformador. Um acalento para a alma de alguém que precisava encontrar um jeito mais nobre de olhar a infância.

Depoimento da Joana, de Fortaleza:

Comecei a ler [sobre Montessori] e logo em seguida vi que o Gabriel Salomão vinha dar um curso de introdução ao método Montessori em Fortaleza. Era o primeiro curso do gênero no Brasil. Inscrevi-me …. foi transformador …. aquela criança que o Gabriel apresentou …. aquele adulto que via a criança de forma tão diferente . Queria mais e mais …. quando é que o Gabriel viria de novo? Obrigada, Gabriel, por ter iniciado a minha jornada em Montessori e por continuar a fazer parte dela.


Conteúdo do Workshop, disponível até 10/12 – ou de forma vitalícia, se você se matricular no Curso Montessori: Viver em Paz com Crianças

Aula 3 – A Transformação do Adulto

Aula 2 – Como Transformar Gritos em Sorrisos

Aula 1 – Crianças Obedecem Quem Elas Admiram

Apresentação do Workshop:


35 comentários

  1. Muito obrigada por compartilhar esse método que mais parece uma jóia rara!!É uma transformação de dentro pra fora.Muito obrigada.
    👏👏👏👏

  2. Gabriel que sensacional!!! Você nao sabe o quanto estou feliz com essa oportunidade de participar de um workshop como esse. Conhecendo você e seu trabalho não tenho dúvidas da qualidade do conteúdo e tenho certeza que será uma renovação para mim como mãe e como educadora. Obrigada mais uma vez e até amanhã de manhã.

  3. Conhecer Montessori foi uma das melhores coisas que poderiam ter acontecidona minha vida. Ela me transformou não apenas como mãe, mas como ser humano. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos conosco Gabriel! Eu te admiro imensamente!

    1. Obrigado a você, Emília! A transformação que Montessori provoca me realiza. Ela foi uma mulher fascinante e deixou uma obra que, acho, é ainda mais viva hoje!

  4. Caro Gabriel, ainda que eu o meu conhecimento sobre o método Montessori seja superficial, jamais me esqueci da sua fala: ” as crianças obedecem a quem admiram”. Tenho um longo caminho a percorrer com a minha de 5 anos. Agradeço por você compartilhar conosco de uma forma tão didática e agradável os seus conhecimentos. Abraços e até a próxima aula!

    1. Mais ou menos aos 2 anos e meio. Varia, a depender do desenvolvimento da criança. É isso que você vive em casa? Qual a idade dos seus?

  5. Olá Gabriel. De Portugal sigo seu workshop… seria maravilhoso ter aqui uma escola montessori para alunos de 3o. Ciclo Porto de onde vivemos, infelizmente não tem… mesmo assim sigo montessori desde o Brasil e acredito que podemos transformar todas as relações com carinho e amor. Um abraço, zuleica

  6. Oi Gabriel, se puder por favor lembre de nós, pessoas surdas, ensurdecidas, deficientes auditivas… precisamos de legendas. A legenda automática não condiz com a sua fala. Ia fazer a inscrição mas isso só depois que estiver com tudo legendadinho! Conto com o seu empenho! Obrigada!

    1. Muito obrigado por reforçar o lembrete, Sabrina. Eu me comprometo a resolver isso, para o curso que vai ser lançado depois deste workshop e para o curso que já está na Udemy. Falamos sobre isso e eu ainda não consegui levar a diante. Levarei.

  7. Gabriel, gratidão sempre e novamente e mais uma vez.

    Estudo o que você escreve quase que cotidianamente. Obrigada por mais este belíssimo trabalho. Este workshop: viva em paz com crianças é perfeito para o que estou precisando, até parece que você ouviu meus pensamentos.

    Tudo, exatamente tudo o que aprendi no Método Montessori e que apliquei com meu filho gerou o resultado que foi me ensinado, isso me deixa mais feliz a cada novo conhecimento que acesso pela leitura dos livros da Maria Montessori ou pelo que você transmite.

    Entretanto, sei que estou só começando e que tenho muito ainda para aprender, mudar e evoluir. Há um comportamento meu que não consegui transformar ainda e que vem me incomodando muito, a impaciência. É quase como se a minha paciência estivesse em uma ampulheta e eu começasse o dia com ela cheia na parte de cima, mas a medida em que o tempo passa a areia da paciência diminui e meu comportamento se transforma. Depois da explosão sinto-me muito culpada, mas aí já foi. E o que aumenta a minha culpa é o fato de que, instantes depois, meu filho chega e pergunta se estou feliz, se não estou mais brava ou me enche de beijinhos. Nesta hora sinto-me um monstro da agressividade diante de uma sensibilidade tão delicada. Me pergunto como pude agir daquela forma e prometo não repetir. Porém, no dia seguinte…, eu repito. Já melhorei, mas ainda estou longe do ponto em que desejo chegar que é o de terminar o dia, independente do que ocorra, sem alterar a voz, sem segura-lo firmemente, sem fazer cara feia…

    Não vejo a hora de chegar a quinta-feira.

  8. Assisti a primeira aula e fiquei emocionada. Quero muito ser esse adulto admirável para minha filha! Obrigada pelo conteúdo. Quero me aprofundar cada vez mais nesse universo Montessori e o Lar Montessori tem sido essencial nesse processo!
    Minha dudúvi é: Minha filha já tem três anos e ainda obedece às vezes. E o que ela não obedece geralmente trata-se de algo que faz mal pra ela mesma (quando quer assistir mais TV, quando quer mais doces, quando quer sobremesa antes da refeição, quando não quer dormir mesmo sendo muito tarde). Gostaria de saber quais são as alternativas que eu tenho para lidar com esse tipo de vontade dela. Porque as outras que são necessárias por natureza tenho certeza que consigo compreender e deixá-la livre. Porém nesses momentos que citei, nao há conversa, nem opções que a façam mudar de ideia. Então partirmos para prêmios e castigos nos sentindo péssimos por muitas vezes ter que ser duros e ouvi-la chorar e até bater em nós por não fazer a vontade dela.

  9. Gratidão Gabriel ❤ estou no processo e já sigo o lar há algum tempo. Como ‘contornar’ uma segunda fase em que se viveram prémios e castigos? 😔 É tão mais difícil corrigir erros. Mas vamos lá 💪

  10. Depois de fazer o primeiro curso introdutório sobre o Método Montessoriano, e ter tido a oportunidade de fazer parte de uma Instituição Monstessoriana, as leituras que eu fazia sobre Maria Montessori ficaram bem mais nítidas, e saber que mesmo sendo criticada por querer que as crianças possam ter a liberdade de explorar o mundo a sua volta em busca de seu aprendizado, posso agora dizer que então eu não estava errada em propiciar essas ações para elas, só tenho a agradecer a você Gabriel Salomão por mostra-me que o caminho a ser percorrido é esse mesmo.

  11. Maravilhoso, como sempre! Fiz o mini curso do Lar Montessori há uns meses atrás e fui inteiramente transformada por ele. Este workshop vem para reforçar as práticas positivas no lar. Parabéns pelo seu trabalho e obrigada por compartilhar conosco todo o seu conhecimento, você é um ser iluminado.

  12. Muito obrigada. Amei como vocês explicou sobre a visão da criança e os conflitos dela.

    Como trabalhar crianças na fase dos dois anos, o famoso terrible two?
    Tentei de tudo com meu filho e acho que falhei em algum ponto por pontos por aqui foi super intenso.

    Agora tenho uma bebê de quase 1 ano e não quero falhar e nem passar por toda a crise novamente.

    Se puder indiciar leitura ou vídeos agradecemos.

    Amo ouvir seus vídeos.
    Gratidão eterna.

  13. Olá, Gabriel. Primeiro quero agradecer todo o material que vc disponibiliza! Já fiz seu curso de introdução ao método na Udemy e gostei bastante também.

    Hoje minha dúvida é sobre a organização das atividades montessorianas. Minha filha de 1 ano e 10 não vai para escola mas gostaria de desenvolver as atividades em casa. Vejo muita informação sobre as atividades e como fazer mas não consegui encontrar nenhum material compilando todas as atividades. Enfim se tiver algo do tipo para eu conseguir me organizar agradeço.

  14. Olá, muito obrigada pelo workshop.
    Já faz alguns meses que leio, assisto vídeos sobre Montessori, já abri muito minha mente e consigo ter um olhar mais sensível para com as crianças, mas estou longe de vivenciar verdadeiramente o que Maria Montessori propõe e me tornar a adulta admirável.
    Tenho dois filhos, um com 14 anos e uma com 4 e, naturalmente, o modo de lidar com eles é bem diferente.
    Ainda grito muito, principalmente porque eles não se entendem, são como Tom e Jerry, e eu acabo entrando no meio da confusão, gritando.
    O que posso fazer numa situação assim, com idades tão diferentes?

  15. Terminei agora de ver o vídeo da 2º aula. Gabriel, a sua humanidade é de uma integridade avassaladora. Gratidão pelo exemplo, gratidão pelas ferramentas disponibilizadas ❤

  16. Você é luz!! É emocionante mesmo sentir Montessori nas suas palavras. Lá em casa todo o espaço foi rearranjado quando descobri Montessori, desde o quarto até os demais ambientes, no que foi possível, claro. Mas agora falta esse mesmo ponto em mim. O controle uma hora some e esses exercícios tenho certeza que irão me ajudar a mantê-lo até mesmo nesses momentos em que ele se perde. Tenho muito interesse no seu curso! Parabéns!!

  17. Só temos que agradecer! Eu e meu esposo estamos a cada dia mais encantados com o metodo montessori! Nossa filha agradece! Mais uma vez obrigada!

  18. Gabriel muito obrigada por compartilhar sua experiência pessoal. Me identifiquei muito (infelizmente), pois perco a paciência e grito facilmente. Desde que minha bebê nasceu (6 meses) estou tentando ser uma pessoa melhor em vários aspectos, inclusive em manter a calma, mas constantemente sinto como se algo tivesse entalado. Principalmente no puerpério, onde não temos tempo nem para um banho. Vou seguir os exercícios que você propôs.

    Gostaria de uma aproximação da idade em que podemos esperar cada nível de obediência. Inclusive o 3o (se fizermos tudo certo).

    Obrigada novamente.

  19. Sempre bom ouvi-lo. Estou nesta caminhada contigo desde quando fiz a formação em Piracicaba! Ainda tenho muito para evoluir. Obrigada pela disponibilidade de sempre

  20. Obrigada por nos ajudar a sermos adultos melhores e a formar adultos melhores.

    Desde a gravidez eu e meu marido preparamos a casa para nossa filha conseguir seguir as leis naturais do desenvolvimento. Hoje ela tem 1 ano e 4 meses: tiramos móveis para deixarmos os ambientes mais livres para ela correr e escalar; tiramos objetos que poderiam machucá-la; deixamos gavetas com objetos interessantes e seguros para ela descobrir…mas os avós dela insistem em não adequar o ambiente da casa deles pois acreditam que ela deve aprender o que pode e o que não pode (eles tem esse comportamento desde quando ela engatinhou com 4 meses) – então eles mantem objetos que quebram, ou são muito pesados, ou cortantes ao alcance dela – e são muitos e pela casa toda. Mas eles sempre afirmam que educaram 4 filhos assim, então, eles tem certeza que sabem o que deve ser feito.

    Percebo que na casa deles ela escuta “não pode” ou “faz dodói” com muito mais frequência do que “muito bem” ou “olha o que ela aprendeu a fazer”. Além disso, na casa deles não conseguimos deixá-la a sós para que ela descubra os “segredos do desenvolvimento”….

    Acredito que estamos fazendo o melhor para ela…mas eles realmente criaram 4 filhos. Há um equilíbrio entre preparar o ambiente e educar para o que pode e o que não pode?

  21. adorei o material!!! obrigada por compartilhar…ja compartilhei com varios grupos de mães que participo…as idéias de Montessori precisam ser divulgadas sempre!! Muito show Salomao!! sou sua fã👏👏👏

  22. Gabriel, Inicialmente quero te agradecer por mais essa iniciativa sensacional! Quero dizer ainda que ver tua emoção ao falar do método é sempre um incentivo imenso. E, principalmente, gostaria de registrar que assistir o vídeo 2 foi algo acalentador. Perceber que alguém como tu, que se dedica tão profundamente ao estudo de Montessori e por quem guardo grande admiração, tb é um ser defectível na sua aplicação e que o caminho não curto ou fácil, mas é possível, me faz querer ser uma mãe melhor, um ser humano melhor. Grata.

  23. Assisti a Aula 1 e simplesmente achei incrível!!!
    Muito obrigada, Gabriel, por compartilhar seu conhecimento conosco.

  24. Olá Gabriel, vou dizer de coração aberto, pois é assim que sinto agora depois de assistir esse segundo vídeo com tanta verdade em suas palavras. Sou muito grata de ter acesso a esse material, e colocarei as dicas em prática, pra valer a pena! Muito importante sempre o auto conhecimento, uma educação de dentro, uma busca por si mesmo, pra ser uma adulto melhor, mais livre e digno. Gostaria também de deixar minha dúvida sobre a obediência, para crianças maiores, depois dessa fase de 3 anos, entre 6 e 8 anos, ainda temos chances de ser admiráveis?

  25. “Respire,sorria e vá devagar” é a frase que levo comigo desde que li seu artigo no larmontessori. Depois que o Miguel nasceu, hoje ele tem um ano, comecei uma jornada de auto transformação e você tem sido um dos ajudantes nessa jornada.

  26. Gabriel, adoro seu blog e acabo de comprar o curso. Mas entre os materiais disponíveis no curso você cita o acesso vitalício ao minicurso de introdução à montessori, o qual não está disponível na plataforma. Como acessá-lo?

    1. Você recebeu uma mensagem de boas vindas, nela se explica que será enviado um link para o curso! Esse link vai ser enviado no final desta semana a todos os inscritos! 🙂

Deixe uma resposta