O Método

Método Montessori é o nome que se dá ao conjunto de teorias, práticas e materiais didáticos criado ou idealizado inicialmente por Maria Montessori. De acordo com sua criadora, o ponto mais importante do método é, não tanto seu material ou sua prática, mas a possibilidade criada pela utilização dele de se libertar a verdadeira natureza do indivíduo, para que esta possa ser observada, compreendida, e para que a educação se desenvolva com base na evolução da criança, e não o contrário.

Montessori escreveu que o desenvolvimento se dá em “planos de desenvolvimento”, de forma que em cada época da vida predominam certas necessidades e comportamentos específicos. Sem deixar de considerar o que há de individual em cada criança, Montessori pode traçar perfis gerais de comportamento e de possibilidades de aprendizado para cada faixa etária, com base em anos de observação.

A compreensão mais completa do desenvolvimento permite a utilização dos recursos mais adequados a cada fase e, claro, a cada criança individualmente.

Dando suporte a todo o resto, os seis pilares educacionais de Montessori são*:

  1. Autoeducação
  2. Educação como ciência
  3. Educação Cósmica
  4. Ambiente Preparado
  5. Adulto Preparado
  6. Criança Equilibrada

AUTOEDUCAÇÃO – Trata-se da ideia radical de que a criança é capaz de aprender sozinha. Todas as crianças aprendem algumas coisas sozinhas: andar, falar, comer, pegar, reconhecer voz e aparência, receber e fazer carinho… Mas em muitos casos, nós mal nos apercebemos disso. Em Montessori, nós confiamos na criança. Sabemos que se ela puder contar com o meio adequado, pode desenvolver quase tudo de forma independente e livre. Por isso, usamos materiais específicos, que são feitos para (1) serem manipulados pela criança, (2) trabalhando um novo desafio de cada vez e (3) dando a ela a chance de perceber seus próprios erros. Com liberdade cada vez maior de escolha, e total liberdade para repetir quantas vezes quiser cada exercício, a criança autoeduca-se constantemente e com sucesso.

EDUCAÇÃO CÓSMICA – Há muitas formas de se manter desperto o interesse da criança pelo mundo. Uma das mais belas é perceber que todas as coisas estão profundamente conectadas e dependem umas das outras para existir. Isso permite à criança desenvolver um senso de gratidão para com tudo o que há no mundo e perceber a ordem subjacente à natureza e ao universo. Havendo ordem, há relações entre as coisas, e havendo relações, sempre é possível fazer mais uma pergunta. Estruturar a parte da educação que tem a ver com a transmissão do conhecimento pela via das perguntas e das histórias é um dos papéis do educador montessoriano, que deve ser profundamente encantado pelo universo, para manter desperto o desejo da criança de saber sempre mais.

EDUCAÇÃO COMO CIÊNCIA – A estrutura escolar mais comum hoje deriva de uma organização da época da Revolução Industrial e foi baseada em hierarquias rígidas e relações de poder verticalizadas – e não naquilo que era melhor para o desenvolvimento da criança. Montessori era psiquiatra, e começou uma transformação na educação quando desenvolveu o Método da Pedagogia Científica (hoje chamado de Método Montessori). Por meio da constante observação das ações da criança, nós descobrimos, histórica e diariamente, o que ajuda o seu desenvolvimento e quais são as características de uma educação que, mesmo sendo mais eficiente do que a tradicional do ponto de vista do conteúdo trabalhado, colabora constantemente para a construção do equilíbrio interior e da felicidade na vida da criança e do adolescente.

AMBIENTE PREPARADO – Feche seus olhos, pense na natureza e encontre, no seu cenário imaginado, a água. É muito provável que ela esteja no chão, perto de tudo o que é importante para a vida – comida, abrigo, local de dormir. A civilização tirou tudo aquilo que é essencial à vida do alcance físico da criança. Nosso esforço em Montessori é devolver à criança o que lhe pertence, com ambientes de liberdade e independência, onde tudo seja organizado, oferecido e preparado para a ação infantil. É importante que o ambiente da criança fale com ela, que seja do seu tamanho, simples, minimalista mesmo, e que contenha objetos interessantes e importantes para sua caminhada de vida rumo à independência do adulto.

ADULTO PREPARADO – Todos os outros princípios só funcionam quando o adulto que interage com a criança se esforça para, ele também, transformar-se interiormente. Montessori dizia que precisávamos abandonar o orgulho de sermos adultos, e a ira contra a criança que não se conforma às nossas idealizações, planos e vontades. Para ela (em um livro chamado A Criança) é necessário que nós nos humilhemos e passemos a incorporar a caridade em todas as nossas ações para com a criança. O adulto preparado é um observador que confia na criança e busca nos atos dela as indicações de suas necessidades. Depois, pela configuração do ambiente e pelas interações, tenta oferecer os meios para que a criança as satisfaça. Esse adulto nunca ajuda mais do que o mínimo necessário, abstém-se de colaborar sempre que a criança acredita que pode agir sozinha e garante, a todo momento, que sua presença possa ser sentida caso seja necessária.

CRIANÇA EQUILIBRADA – A criança nasce com o que Montessori chamou de guia interior. Existe, na criança pequena, algo que indica qual o tipo de esforço necessário nessa fase da vida (andar, pular, correr, falar, aprender isso ou aquilo). Se esse guia puder efetivamente direcionar a ação da criança e os adultos souberem oferecer os meios adequados para o desenvolvimento, a criança alcança um estado emocional e psicológico de graça. Ela alcança o equilíbrio interior e torna-se, primeiro, muito mais concentrada, e em seguida a um só tempo mais feliz, generosa, esforçada, cheia de iniciativa e independência e consideração pelo outro. A bem da verdade, o equilíbrio natural da criança pequena é o único e verdadeiro objetivo de todo o trabalho montessoriano, é aqui que queremos chegar e é daqui que partimos para todo o trabalho educacional.

Todos os princípios do método Montessori devem funcionar em união, para que a criança se desenvolva de forma completa e equilibrada. É necessário compreender a criança para identificar nela os sinais da eficiência daquilo que lhe está sendo oferecido. De acordo com Montessori, “uma das provas da correção do processo educacional é a felicidade da criança”.

O método Montessori tem sido utilizado em escolas por todo o mundo, desde o berçário até o Ensino Médio. Além disso, aplica-se Montessori em escolas especiais, clínicas de psicopedagogia e lares mundo afora. Clínicas de repouso aproveitam características do método montessoriano para o tratamento de demência e Alzheimer e iniciativas empresariais aplicam princípios do método para o melhor desenvolvimento de seus negócios.

Algumas das maiores personalidades do mundo moderno foram educacadas em Montessori. Entre eles, estão os fundadores da Google, e Gabriel García Marquez, prêmio Nobel de Literatura. Veja seus depoimentos sobre a educação montessoriana:

Sergey Brin (co-fundador do Google):
“Cheguei no país com seis anos e imediatamente fui para uma escola Montessori. […] Eu realmente acho que me beneficiei da educação Montessori, que de algumas maneiras dá aos alunos muito mais liberdade para fazer as coisas do seu jeito, e para descobrir. Interessante que meu parceiro Larry Page também tenha ido a um jardim de infância e pré-escola Montessori; é algo que temos em comum. Eu acho mesmo que algum crédito da vontade de ir atrás de seus interesses… você pode ligar isso àquela educação Montessori”.

Gabriel García Márquez (Prêmio Nobel de Literatura):
“Não creio que haja um método melhor que o montessoriano para sensibilizar as crianças sobre as belezas do mundo e para despertar sua curiosidade para os segredos da vida”.

Você encontra abaixo vídeos com com explicações sobre o método Montessori. O compartilhamento é livre e desejável, mas agradecemos por você não editar os vídeos de nenhuma maneira.

_____

Os pilares que escolhemos expor aqui são uma escolha de sistematização entre várias possíveis. Aprendi vários desses princípios com Edimara de Lima, diretora da escola onde estudei, e ainda hoje acredito que faz sentido sistematizar Montessori assim. A explicação que está acima é a mais recente. Se você quiser a que esteve disponível nesta página antes, clique aqui.

selocurso

93 comentários sobre “O Método

  1. Gostaria muito de aprender o método montessori para aplicar aos meus alunos de educação básica. Será que podiam me ajudar neste sentido.

    1. Gerson,
      Visite o seguinte endereço: http://www.metodomontessori.com.br/blog
      E o grupo Montessori para Mamães, no Facebook!

      Também os livros “Psico Geometria”, “Psico Aritmética” e “Psico Gramática” também te ajudarão. Vc pode ler o livro “Pedagogia Científica”, e o “Dr. Montessori’s Own Handbook”, no YouTube, veja vídeos de “Montessori Elementary”.

      Abraços!

  2. por favor, estou fazendo uma pesquisa a respeito do tema, a respeito do material que voces disponibilizam, gostaria de saber a referencia bibliografia ou os sites que foram visitados para elaborar esse trabalho. Grata, Elaine

    1. Oi Elaine, tudo bom?
      O texto sobre o método, especificamente, foi elaborado com base em coisas demais para listar. Trata-se mesmo de uma síntese muito reduzida (para propósitos de introdução geral) de toda a obra psicopedagógica de Montessori. Posso ajudar você com uma referência para cada tópico, entretanto, se você precisa de material para estudar. Desculpe se for fora de ordem:
      Ambiente preparado: livros “Pedagogia Cientítica” e “Dr. Montessori’s Own Handbook”
      Adulto Preparado: livros “A Criança” e “Discovery of the Child”, mas também “Pedagogia Científica” e o final de “Mente Absorvente”
      Criança Equilibrada: Principalmente “Mente Absorvente”, mas também “Spontaneous Activity in Education” (L’Autoeducazione, em italiano)
      Autoeducação: “Spontaneous Activity in Education” e “Mente Absorvente”
      Educação como Ciência: “Pedagogia Científica”, com certeza. Mas também “1913 Rome Lectures” e “Spontaneous…”. Para um embasamento científico, mais do que o “Mente Absorvente”, sugiro leituras de Neurociência. Comecei com “O Cérebro que se Transforma” e foi excelente.
      Educação Cósmica: “Para Educar o Potencial Humano” e “Children of the Universe”, o último do casal Duffy.

      Como você viu, seria absurdo tentar referenciar todo o texto, mas acredito que aqui esteja a lista do que é principal. Afora isso, se você quiser fontes virtuais, comece pelas páginas virtuais da Association Montessori Internationale, da American Montessori Society e pelo blog MariaMontessori.com

      Posso lhe perguntar, por fim, de onde brotou o interesse pelas fontes?
      Atenciosamente,
      Gabriel

  3. Oi Gabriel, seu blog tá massa. Olha só, sou professora UNiversitária, venho de um doutorado em Biologia Marinha que me transformou a vida… sem muitos detalhes… e conheci “MOntessori” por lá. Gostaria de saber se tens alguma indicação para mim, de livro, blogs, vídeos, do uso deste método com adultos, pois NECESSITO, mudar minha prática. NECESSITO formar educadores e transformar-me, de fato, em adulto preparado.
    Abraços,

  4. Sou mãe me apaixone pelo Método Montessoriano. Gostaria que o professor das vídeos aula fosse professor da minha filha. Obrigada pelas aulas amei. Parabéns

  5. Estou procurando entende e aprender o método para utilizar com meu filho. mas ainda tenho dúvidas da eficacia para crianças com Síndrome de Down. Abraços

  6. Olá Gabriel, excelente o site! Estou lendo um texto de uma apostila CEDERJ, onde fala sobre as 10 regras de educação definidas por Montessori. Fiquei curiosa. Essas regras são seguidas ainda hoje? Ou foram substituídas pelos 6 pilares ao qual você se refere acima?
    Para facilitar vou colocar apenas alguns que fiquei intrigada. São eles:
    * As crianças amam a ordem.
    * As crianças amam o silêncio.
    * As crianças preferem trabalhar a brincar.
    * As crianças amam a repetição.
    Obrigada e parabéns!

    1. Chris,
      os princípios que você lista não são princípios, nem regras. São parte de uma lista LINDA exposta por Montessori em “A Criança”, com o título “De que as crianças gostam”.
      Os princípios que o Lar listou são os que eu consegui encontrar reduzindo ao máximo o que li do método. Os princípios teóricos (autoeducação, educação cósmica e educação como ciência) aprendi com Edimara de Lima, Diretora Pedagógica da Prima Escola. Os outros três foram minha conclusão reduzida da prática montessoriana. Cada linha vai estabelecer os princípios que traduzem melhor sua compreensão do método. A que expus é a minha, e está longe de ser universal. Até hoje, no entanto, tem sido suficiente e mais abarcante do que todas que encontrei em cursos de treinamento e em livros e apostilas. Isso não quer dizer que é melhor, só quer dizer que traduz melhor a compreensão que eu (e, em consequência, o Lar) tenho da obra de Montessori.
      Consegui responder?
      Abraço!

  7. Olá Gabriel tudo bem ? Sou de Campo Grande -MS e assisti seu curso no último final de semana e fiquei encantada! Adorei!!! Fiquei super empolgada e perguntei a alguns parentes pedagogos sobre o método.Ouvi dizer que o método é fascista!!! Não entendi ! Por que algumas pessoas falam isso de um método tão lindo?

    1. Olá Morgana!
      Eu me lembro de você! Mas demorei para te responder!!
      Envie-me um e-mail para gabrielmsalomao@gmail.com e eu lhe dou uma resposta longa. Aqui no Lar haverá um texto sobre isso em algum momento. Eu só preciso sentar para organizar minhas referências sobre o assunto. É polêmico e mentiroso. E fique tranquila, não somos fascistas. 😉 Envie-me um e-mail e lhe explico bem melhor.
      Abraços,
      Gabriel

  8. Oi Gabriel! Estou encantada com seu blog. Parabéns! Minha filha tem 1 mês e gostaria de desde já educa-la com base no método montessoriano. Pode me guiar por onde começo?
    Obrigada, Alessandra Lana

  9. Uauuuu! Que trabalho incrível o seu!
    Tive filho ha 3 meses e estou procurando aprender sobre educacao infantil para que eu possa incentivar meu filhote sa melhor maneira a se desenvolver e a ser feliz! Conheci o metodo montessoi ha pouquissimo tempo e ja estou apaixonada!
    Qual o livro/site/canal do yt… Que vc indica para uma mamae que quer aprender para aplicar em casa???
    E se possivel, vc pode me indicar escolas no Rj que apliquem o metodo???
    Muuuuitooo obrigada e mais uma vez parabens pelo seu trabalho maravilhoso e pela atencao que dedica aos seus leitores!

    1. Olá, Bela!
      Fico muito feliz com seu entusiasmo!
      No YT você pode encontrar o canal do Lar Montessori se quiser. Além de nós, pode buscar, principalmente em inglês, vídeos os mais diversos sobre Montessori em casa. A página Aid to Life, da Association Montessori Internationale, também vai ajudar você. Em português, novamente, veja a página Brasil Montessori, onde há um espaço só sobre famílias! No Facebook, você pode buscar o grupo Montessori para Mamães, e participar de uma grande comunidade de famílias montessorianas.
      No RJ eu só conheço a Aldeia Montessori, mas há também outras, que eu não tive a chance de conhecer direta ou indiretamente.
      Obrigado por toda sua gentileza!
      Gabriel

  10. Oi gostaria de saber como aplicar o montessori nas birras das crianças!
    E com bebes… ensinar a não mexer nas coisas (que não pode, como por exemplo: a estante da casa da titia) ?

  11. Como você acha que se deve trabalhar a linguagem falada (a princípio) com a criança quando os pais falam um idioma diferente do país onde vivem? Quando, por exemplo, não existem escolas bilíngues que envolvam sua língua, muito menos aplicando o método montessoriano, como incluir as duas línguas sem traumatizar socialmente ou inibir?

    1. Andressa, com crianças pequenas (até 4 anos) podemos falar normalmente, até três ou quatro línguas. Elas incorporam essas línguas. Enfrentam desafios, mas quase invariavelmente, se saem muito bem. Com as mais velhas é necessário ter um pouco mais de cuidado, e estar sempre pronto a dar suporte emocional quando esse se fizer necessário, por frustrações que advenham do uso social dessas duas línguas. Não será, de qualquer maneira, um trauma. Não se preocupe.

    1. Ducilene, como vai?
      Sua pergunta é bastante ampla. Mas se você se refere estritamente à aplicação de Montessori em contextos escolares, veja se encontra respostas satisfatórias no blog do Centro de Educação Montessori de São Paulo (metodomontessori.com.br/blog) e na página Brasil Montessori (www.brasilmontessori.com). Obrigado!

  12. Olá Gabriel, fiquei muito feliz em encontrar seu blog e através dos seus vídeos dicas de como por em prática esse método tão lindo. Tenho um bebe de quatro meses, criei um quarto inspirado no método Montessori, porém não sei como praticar o método com ele, o que você sugere? Moro no Japão, acredito que aqui não tenha escolas montessorianas, porém observei que a forma da educação aqui é muito parecida, não querendo minimizar o método, pelo pouco que estudei comparei a cultura deles com o método; os pais deixam as crianças mais independentes, não interferem quando estão descobrindo ou brincando com algo, elas ficam mais no chão, com brinquedos ao seu alcance, etc… Por isso penso que seria difícil meu acesso aos materiais a não ser os virtuais, como criar ou comprar os materiais, os cilindros por exemplo, já vi em lojas de brinquedos por aqui, enfim, gostaria de sua ajuda.

    Desde já, grata! Seu blog é maravilhoso e você se expressa muito bem, fiquei encantada com sua clareza e sabedoria.

    1. Sabrina,
      você está corretíssima sobre as semelhanças culturais! Existem mesmo!!
      A boa nova é que HÁ SIM escolas montessorianas por aí, e boas! Eu não sei onde, mas sei que vale muito a pena procurar. O que eu já vi de aplicação de Montessori no Japão é de cair o queixo. Você também encontra os materiais. Há um fabricante japonês. Não me lembro o nome, mas sei que há, e que é de qualidade também.
      Espero que tenha sucesso, e volte para contar, por favor!
      Muito obrigado por seus gentis elogios!

  13. Oi Gabriel,
    Me interessei muito por Maria Montessori e gosteria muito de me aprofundar nesse metodo.
    Mas por onde começar? O que eu devo ler primeiro para connher esse metodo?
    Aguardo resposta.

  14. Oi Gabriel,
    Me interessei muito por Maria Montessori e gostaria muito de me aprofundar nesse metodo.
    Mas por onde começar? O que eu devo ler primeiro para conhecer esse metodo?
    Aguardo resposta.

      1. Sim, Andrea, entre no grupo Montessori para Mamães, no Facebook, aguarde que a moderação aprove sua participação (pode levar alguns dias) e pergunte por lá. Você terá muitas recomendações. Pessoalmente, estudei e trabalhei na Prima-Escola Montessori de São Paulo, e estudo em um curso com uma ex-diretora da Escola Graduada de São Paulo, que tem o infantil Montessori também.

  15. Olá, conheci por acaso o Método Montessoriano e, na procura de mais informação conheci o seu Blog. Adorei! Super esclarecedor e claro! Parabéns 🙂
    Tenho uma bebé de 20 meses e, como estou em mudança de país, quero sem dúvida escolher uma escola que siga este método.
    Mais uma vez Parabéns pelo blog. O maior sucesso 😉

  16. Seu trabalho é maravilhoso! Parabéns por exercê-lo.
    Ainda não tenho filhos, mas como pretendo ter, desejo aplicar a ele este método. Mesmo tendo pesquisado pouco, encontrei vantagens riquíssimas para as crianças que são adeptas ao Montessori.
    Espero que dê muito certo comigo e com meu futuro bebê.
    Obrigada por nos disponibilizar este belo artigo. Abraços.

  17. ola amei seu blog,
    esse método me encanta, descobri sem querer.
    Tenho um filho de 1 ano e 3 meses, gostatia de saber por onde começo na pratica esse método com ele.
    Obrigada

  18. Boa tarde,

    As explicações , muito boas aliás , se dirigem principalmente ao trabalho com crianças.

    Há algum livro ou Blog que trate mais especificamente da Aplicação do Método Montessori para o ensino Fundamental II e para e Ensino Médio. ?

    Poderia me indicar estas publicações ?

    Agradeço,
    Reinaldo Franco

    1. Temos dois textos aqui:
      1.https://larmontessori.com/2017/02/10/o-segundo-plano-do-desenvolvimento-montessori-612/
      2. https://larmontessori.com/2012/02/17/a-educacao-dos-adolescentes/

      Temos o texto da Montessori sobre adolescentes aqui embaixo. Chama-se Filhos da terra:
      https://escolamaria.org/downloads/

      E tem os livros Da Infância à Adolescência e Para Educar o Potencial Humano, de Montessori.
      De resto, procure por textos em inglês de Marta Donahoe, Betsy Coe e David Khan.

      Abraços!

  19. Olá Gabriel,

    Tenho um filho com quase 3 anos e passa por um processo de diagnóstico de especto autismo. As escolas montessori seria um bom lugar para que ele possa se desenvolver?

    Grato.
    Jefferson

  20. Gabriel, boa noite!

    Não tenho muito contato com o mundo infantil e não conhecia o método montessoriano, mas como sou designer de interiores, fui chamada por um jovem casal para fazer o quarto do bebê que está para chegar.

    Ao longo de toda nossa reunião eles falaram do método e deixaram claro o interesse em aplica-lá na educação do filho. Resolvi entender melhor e achei seu blog bastante esclarecedor. Por favor, você pode me indicar alguns fontes para que eu possa pesquisar a melhor maneira de montar o ambiente tendo o modelo montessoriano como base?

    Agradeço desde já!

    1. Veja os livros Montessori from the Start e A Criança Alegre. Também veja o How to Raise an Amazing Child the Montessori Way (esse tem figuras) e o site Voila Montessori. Não sei a resposta ainda é útil. Talvez para os próximos clientes. Desculpe pela demora nessa resposta. Abraços!

  21. ola!
    Gostaria de saber se o método Montessore pode ser aplicado em criança down, tenho uma neta de um ano. Quero ajudar no processo de aprendizagem dela.

  22. Gabriel, boa noite! Acho que meu primeiro post não foi adiante.

    Sou designer de interiores e meus clientes “grávidos” querem educar o filho Samuel dentro da metodologia Montessori. Não tenho muito contato com o mundo infantil e, consequentemente, com métodos educacioanais.

    Por favor, você pode me indicar alguns livros/sites em que possa encontrar orientação?

    Guarda-roupas e armários aéreos podem ser colocados no quarto?

    Agradeço antecipadamente!

    Thaís

    1. Veja o livro A Criança Alegre, o Montessori From the Start e o How To Raise an Amazing Child the Montessori Way. Na internet, a página Voila Montessori. Desculpe pela demora nessa resposta. Abraços!

  23. Boa tarde.
    Li bastante a metodologia montessoriana aplicada na educação infantil porém senti falta de como é aplicada no ensino fundamental e principalmente no ensino médio. Poderia me explicar? Desde já obrigada.

  24. Eu acredito que o modelo atual de ensino (Ou aprendizado) está obsoleto, já não funciona mais, pelo menos no mundo atual, onde tudo acontece tão rápido, o mundo se torna cada vez mais tecnológico.

    1. Eu sou professora iniciante e tímida o que vc me indicaria para vencer tanta timidez e adquirir disciplina e despertar o interesse dos alunos. Abraços

  25. Bom dia Gabriel !

    Como agora que sou mãe e vendo suas aulas me encantei pelo seu amor ao método !
    Mais tipo ! To meio perdida ! Tem mais vídeo ? Ou começa pela aula 1 mesmo ?
    Tens um livro pra me indicar pra eu ter base !!
    Parabéns por sua atitude!!

  26. Olá Gabriel, meu nome é Marta Fernanda. A procura do Método Montessoriano e, de mais informação conheci o seu Blog. Como educadora, vou visitar uma Escola Montessori e precisei desse auxílio pois pretendo fazer mais que uma visita. Adorei! Super esclarecedor. Parabéns!🙂

  27. Eu tenho muitos desses conceitos montessorianos na minha vida, pois frequentei uma pré-escola que utilizava esses métodos (antigo castelinho montessoriano, que infelizmente para a atual geração fechou suas portas por falta de intendimento da sociedade). Algumas mãe, incluindo a minha, diziam:”essa escola não ensina nada, as crianças só repetem as coisas e brincam o tempo todo”, porém muitos dos meus antigos colegas são pessoas criativas e independentes hoje, por causa do método de Montessori.

  28. Olá, gostaria de aprender o método Montessori para me ajudar na educação do meu filho, que é autista. Posso contar com vocês. Obrigada.

  29. Olá Gabriel! Meu filho está com 07 anos agora e irá para o segundo ano fundamental. Ele passou com muita dificuldade, não se interessava pelas aulas de alfabetização e só conversava. As aulas de matemática eram mais atrativas. Desde pequeno adora números, contar, enfim…..minha dúvida é o que eu poderia fazer, pelo método montessouriano para ajudá-lo? Ele muitas vezes não aceita ajuda, é uma briga fazer as tarefas de casa. Att

    1. Olá, Rochelle, como o assunto é amplo, eu devo te recomendar dois pequenos livros: Para Educar o Potencial Humano, e Da Infância à Adolescência. Os dois são da Montessori e você compra entrando em contato com a Organização Montessori do Brasil. De resto, fique atenta aos textos que vamos publicar aos poucos sobre crianças entre 6 e 12 anos. Abraços!

  30. Pelo que entendi, não há nada da teoria bolorenta ” construtivista”, não é mesmo? Gostei, principalmente, dá parte onde vcs falam da “educação cósmica”, que é afirmado que tudo dentro do universo tem seu papel. Legal, gostaria de me aprofundar.

    1. Olá, Eder, talvez sua impressão de bolor na teoria construtivista se deva a alguma prática ruim que você presenciou. Montessori e construtivismo são bem diferentes, sim, mas cientificamente vale a pena conhecer ambos. Obrigado pelo seu comentário!

  31. Adorei os vídeos no final do texto. Estou fazendo meu trabalho de tcc da faculdade sobre arquitetura escolar sobre a visão do método montessoriano. Obrigada por essa breve aula que tive hoje assistindo a esses vídeos. Até mais !

  32. olá tudo bem Gabriel me interessei muito sobre o método Montessori depois que uma professora me indicou para meu filho que tem hiperativo, sou professora mas tenho muita dificuldades em casa com meu filho ele demorou muito a falar e na escola tambem demorou a ler e escrever, sempre estou a procura de metodos onde eu posso ajuda lo e ajudar meus alunos. Vi no site sobre o curso onde me interessei muito mas pelo que vi e o dia todo todos os dias se nao estou enganada, vc sabe me dizer se isso mesmo.

    1. Você fala do curso de formação de professores? É isso mesmo. Geralmente são três blocos de quinze dias, um em casa período de férias escolares, e durante esses quinze dias se exige dedicação integral. Em inglês, há cursos online. Em português, ainda não.

  33. Ola Gabriel!
    Tem referencias de Montessori sobre disciplina de bebes. Minha filha tem 9 meses e estou morrendo de medo que ela fique mal educada porque tento aplicar tb a disciplina positiva e todoa dizem que a mimo demais.

    1. Oi, Perla! Bebês são incapazes de disciplina. Sobre crianças pequenininhas, veja o livro Montessori From The Start ou o A Criança Alegre (Amazon tem os dois). Sobre disciplina das mais velhas, Mente Absorvente. Abraços!

  34. Gabriel, sou Maria de Lourdes da Secretaria de Estado da Educação do Paraná e estamos preparando um material sobre o método Montessori para professores de crianças com deficiência intelectual, múltiplas e transtornos globais do desenvolvimento. Gostaria de saber se você pode nos autorizar a utilizar os vídeos que se encontram nesta página. Se for possível, poderia me passar um endereço de e-mail para que eu posssa formalizar a solictação?
    Obrigada.

  35. Gabriel, Bom dia.
    Trabalho na Fundação CASA – SP (uma instituição para adolescentes em conflito com a Lei). Gostaria de saber se há como implementar o método montessoriano como um planejamento pedagógico no Centro onde trabalho.
    É certo que alguns adolescentes ficam apenas 6 meses cumprindo a medida.(a medida socioeducativa de maior tempo é de 3 anos)
    Trabalhamos com adolescentes de analfabetos a alfabetizados e que prestam e entram em alguns casos nas universidades.
    Há algum curso de aprendizagem de educadores neste método?

    1. Raphael, tem sim! E eu estou emocionado com seu comentário. Há muitos anos cheguei a conversar, num evento é informalmente, com alguém da Fundação e ouvir sobre como era o dia a dia, e conversar sobre contribuições de Montessori. Acabou que nada foi adiante, mas aquilo ficou comigo. Se você quiser me enviar um e-mail, eu me disponho a não só conversar com você, mas, se te parecer adequado, colaborar com o trabalho. Não existe curso ainda, mas eu trabalhei anos com adolescentes em Montessori e alguns meses com alfabetização de adultos e adolescentes, usando Montessori. E minha área de conhecimento favorita em Montessori é adolescência. Então, mande um email se quiser conversar (esse trabalho seria voluntário). gabrielmsalomao@gmail.com

  36. Olá meu caro, vi teu site e achei muito bacana, parabéns! Estou precisando de uma fonte, ou livro ou artigo que fale sobre classes de agrupamento vertical, ou seja com alunos de idades diferentes agrupadas em mesmo ambiente – li que este tipo de procedimento faz parte do método montessori. Isso procede? Abraço

    1. Oi, Renato! Não estou em casa e buscar a bibliografia agora é difícil. De pronto, te sugiro “Montessori:The Science Behind the Genius”. Tem um capítulo sobre isso, brilhante, chamado, acho, “Learning from Peers”. O livro é de Angeline Lillard e foi publicado pela Oxford. Tem edição digital. Boa leitura!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s