Sobre os Princípios do Educador Montessoriano

Há algum tempo, o Lar Montessori traduziu e publicou Os Dez Princípios do Educador Montessoriano. Trata-se de uma lista belíssima de mandamentos para seguirmos em nossa prática pedagógica diária. A lista não é diretamente útil para famílias, pois que orienta uma prática pedagógica científica, e não uma prática familiar. Por famílias, os Princípios podem ser lidos como inspiração, mas por educadores precisa ser lida como orientação precisa e inequívoca.

Uma nova lista, contendo trechos da tradução do Lar Montessori e mais alguns princípios com a linguagem flexibilizada para adequação ao nosso momento histórico e social tem sido divulgada, e embora apoiemos a divulgação do pensamento de Maria Montessori, achamos relevante trazer a lista original, compartilhada pela Association Montessori Internationale, novamente.

Talvez você já conheça a missão do Lar Montessori: Honrar e disseminar Montessori tanto quanto permitirem nossos esforços, tendo sempre em vista as palavras de Maria Montessori, a busca do melhor sentido a ser atribuído a elas, e a ciência em progresso no momento presente. É em respeito a essa missão que retornamos aqui, para publicar novamente a tradução que realizamos do documento disponibilizado pela AMI. Se você perceber algo em nossa tradução que não corresponde ao original, avise-nos. Nossa tentativa é o máximo de fidelidade. Ao final desse post, você pode baixar nossa tradução em dois formatos, ambos em PDF, uma em A4 e uma em A5. Se você for um educador, pode imprimir e carregar consigo ou deixar em sua sala de aula – pessoalmente, preciso reler isso o tempo todo.

 

OS DEZ PRINCÍPIOS DO EDUCADOR MONTESSORIANO

Por Maria Montessori

1 – Nunca toque a criança, a menos que seja convidado por ela de alguma maneira.



 

2 – Nunca fale mal da criança em sua presença ou ausência.



 

3 – Concentre-se em fortalecer e ajudar o desenvolvimento daquilo que é bom na criança, para que sua presença deixe cada vez menos espaço para o que é ruim.



 

4 – Seja ativo na preparação do ambiente. Tome cuidado constante e seja meticuloso com ele. Ajude a criança a estabelecer relações construtivas com ele. Mostre o local adequado onde são guardados os meios de desenvolvimento e demonstre seu uso apropriado.



 

5 – Esteja sempre pronto a responder à criança que precisa de você e sempre escute e responda à criança que a você recorre.



 

6 – Respeite a criança que comete um erro e pode corrigir-se mais tarde, mas impeça com firmeza e imediatismo todas as más utilizações do ambiente e qualquer ação que coloque a criança em risco, assim como seu desenvolvimento ou os dos outros.



 

7 – Respeite a criança que descansa, assiste ao trabalho dos outros ou pondera sobre o que ela mesma fez ou fará. Não a chame, nem a force a outras formas de atividade.



 

8 – Ajude aqueles que estão à procura de atividade e não conseguem encontrar.



 

9 – Seja incansável na repetição das apresentações para a criança que as recusou antes, ajudando a criança a adquirir o que ainda não possui e a superar imperfeições. Faça-o avivando o ambiente com cuidado, limites e silêncio, com palavras suaves e presença amável. Faça com que a criança que busca possa sentir sua presença, e esconda-se da criança que já encontrou o que buscava.



 

10 – Sempre trate a criança com a melhor das boas maneiras, oferecendo o melhor que houver em você e à sua disposição.



 

Baixe aqui os Princípios em PDF, nas versões A4 e A5:



 


5 comentários sobre “Sobre os Princípios do Educador Montessoriano

  1. o qe eu faco/minha filha tem 6 anos e muito autoritaria nao respeita ninguem e muito dificil de lidar nao sei mais o que fazer para melhorar

  2. Olá! Como professora de História do Fundamental II essas reflexões acrescentaram muito no meu olhar pedagógico. Parabéns e muito obrigada. Continuarei acompanhando esse lindo trabalho.

  3. Já conheço a excelencia desse método, pois tenho um filho DM. Gostaria de saber onde encontro em Recife escolas que utilizem esse método de ensino para indicar uma criança que não consegue se adequar aos métodos tradicionais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s