O Espírito Montessori

Great minds think alike.
Mentes geniais pensam de
forma semelhante.

Escrevo este post do meu iPad 2, penúltimo produto criado por Steve Jobs, o gênio da megaempresa Apple. Não se trata somente de uma pequeníssima homenagem a Steve Jobs. Como todos sabem, Jobs faleceu ontem, e deixou muitas dúvidas e condolências no ar.

Uma das homenagens feitas ao grande homem da tecnologia foi a da gigante Google. A página inicial do Google.com apresenta o hiperlink, há dois dias, para a página da empresa concorrente, Apple Inc.

Quando vi, despertou em mim a vontade de contar: Isto mostra, acima de tudo, como se comportam herdeiros de ideias Montessori. Jobs era um dos maiores concorrentes recentes da Google, mas diante de sua morte, os fundadores da empresa souberam reconhecer a importância do homem e de suas criações e renderam a ele a homenagem mais que merecida.

Em suas páginas, no Google+, os co-fundadores do negócio escreveram:
Sergey Brin: “From the earliest days of Google, whenever Larry and I sought inspiration for vision and leadership, we needed to look no farther than Cupertino. Steve, your passion for excellence is felt by anyone who has ever touched an Apple product (including the macbook I am writing this on right now). And I have witnessed it in person the few times we have met. On behalf of all of us at Google and more broadly in technology, you will be missed very much. My condolences to family, friends, and colleagues at Apple.”

Larry Page:“I am very, very sad to hear the news about Steve. He was a great man with incredible achievements and amazing brilliance. He always seemed to be able to say in very few words what you actually should have been thinking before you thought it. His focus on the user experience above all else has always been an inspiration to me. He was very kind to reach out to me as I became CEO of Google and spend time offering his advice and knowledge even though he was not at all well. My thoughts and Google’s are with his family and the whole Apple family.”
É muito feliz, para um pesquisador e professor Montessori, ver que dois dos mais famosos ex-alunos do método preservam tanto do que aprenderam. Há muito mais do que negócios na vida, e acima de tudo, Brin e Page se mostram legítimos disseminadores de Paz.
A Steve Jobs, nossos agradecimentos e nossa admiração.
Gabriel

Escrito por gabrielmsalomao

"A preparação que nosso método exige do professor é o auto-exame, a renúncia à tirania. Deve expelir do coração a ira e o orgulho, deve saber humilhar-se e revestir-se de caridade. Estas são as disposições que seu espírito deve adquirir, a base da balança, o indispensável ponto de apoio para seu equilíbrio. Nisso consiste a preparação interior, o ponto de partida e a meta." Maria Montessori, em A Criança

2 comentários

  1. A mim também, Ju. A Montessori tinha uma preocupação grande com isso. Dizia que a criança era a semente do homem, e que por isso devia ser dada a ela uma Educação para a Paz. Gosto muito desta ideia.Obrigado pelo comentário!

Deixe uma resposta