Educar para a Sobrevivência ou Educar para a Vida

Para viver de verdade, precisamos de uma educação complexa. Uma educação que dê conta de contradições, que abrigue o diálogo, o erro, a exploração, os diversos tipos de trabalho, o desenvolvimento das várias capacidades humanas. Não dá mais para desenvolver tudo em cima de medo e prazer. Nós precisamos de propósito, felicidade, autoconhecimento, autoconstrução, socialização profunda. Por isso, precisamos pensar uma nova educação. … Mais Educar para a Sobrevivência ou Educar para a Vida

Concentração e Pular Corda

O que você mais gosta de fazer? O que te envolve? Arte, cozinha, trabalho, seus filhos, leitura, conversas intensas? Algumas coisas nos envolvem tão profundamente que some o tempo, o espaço e nossa própria percepção de identidade – nós mesmos desaparecemos. Saímos dessas experiências, que podem ser intensas e exigir bastante da gente, revigorados, não … Mais Concentração e Pular Corda

Suficiente

“Imperfeições […] são lembretes de que estamos nessa juntos” -Brené Brown A humanidade está em julgamento. Montessori disse isso em 1936, no seu livro A Criança. A humanidade está em julgamento pelos males perpetrados contra a infância, sucintamente. E nós, adultos, estamos todos na posição de réus. A pergunta que fica é: quem nos julga? … Mais Suficiente

Reflexões Sobre a Infância Líquida

Em 1949 Maria Montessori escreveu:  O mundo civilizado torna-se um imenso campo de concentração onde todos as pessoas que nascem são relegadas e feitas escravas, diminuídas em seus valores, alienadas em seus impulsos criativos, subtraídas dos estímulos vivificantes que cada pessoa tem direito de encontrar entre os que amam. Para Montessori, na metade do século … Mais Reflexões Sobre a Infância Líquida

Ao Gabo, por amor

Há algumas horas faleceu o ex-aluno montessoriano mais querido da América Latina. Talvez o mais querido no mundo. De certo, aquele que prestou a maior homenagem ao método Montessori. Gabriel García Márquez, em Viver para Contá-la, sua autobiografia, diz: Em teoria é difícil entender esses prazeres subjetivos. Mas aqueles que os tenham vivido compreenderão de imediato. … Mais Ao Gabo, por amor

Ciência e Amor: Ingredientes para a Educação da Criança

Montessori disse: “Meu método é científico, tanto em seu objetivo quanto em sua substância”. Vale a pena refletirmos acerca desta expressão tão exata e totalizante de Montessori. Sabemos que nossa precursora era médica, professora universitária, pesquisadora, e portanto é fácil ligarmos sua pessoa à figura de uma cientista. Acontece, porém, que uma vez diante das … Mais Ciência e Amor: Ingredientes para a Educação da Criança