Dois Bilhões para Montessori

Como seria se todas as crianças pudessem passar por escolas montessorianas? Esta semana, talvez tenhamos dado um passo nessa direção.

Jeff Bezos, fundador da Amazon e ex-aluno de uma escola montessoriana, se comprometeu a dedicar us$2.000.000.000,00 para famílias sem-teto e para a construção de “escolas de alta qualidade inspiradas em Montessori”.

Considerando que metade desse valor vá para Montessori, se fosse exclusivamente para a formação de professores de alta qualidade, seria possível formar 250.000 professores, o suficiente para quase nove milhões de crianças.

Em seu comunicado sobre a notícia, a American Montessori Society disse:

Nós defendemos que esta é uma oportunidade para aumentar a percepção pública de Montessori, especialmente entre um grande leque de tomadores de decisão, incluindo aqueles responsáveis pelas políticas públicas de educação e os repórteres que têm entrado em contato com nosso escritório depois do comunidado do Sr. Bezos, para saberem mais.

A Amazon, empresa fundada por Bezos, tem sido duramente criticada por práticas abusivas contra seus funcionários. A doação de Jeff Bezos não deve apagar isso. Um outro problema, levantado por várias vozes relevantes em Montessori, é que nenhuma organização montessoriana foi contatada por Bezos, o que nos leva a crer que seja possível que as escolas inspiradas em Montessori não incluam professores com formação de alta qualidade – a parte mais importante da escola.

Vamos torcer para que o contato que as organizações estão fazendo, em grupo, com Bezos, conduza a uma excelente utilização da verba que, se fosse usada meio a meio para formações e compra de materiais, permitiria atender mais de cinco milhões de crianças pequenas.


Descubra mais sobre Montessori:

Curso Montessori

Outros , , ,

Escrito por Gabriel Salomão

Eu sou Gabriel Salomão, pesquisador e autor do Lar Montessori. Eu ajudo famílias e professores a incorporarem o método Montessori em sua vida e seu trabalho. Fui aluno de uma escola montessoriana por doze anos, e trabalhei em algumas escolas montessorianas depois, como professor e consultor. Vivo Montessori todos os dias, como pai, professor, consultor, ou pesquisador. Em 2019 terminei meu Doutorado sobre Montessori na Mídia, pela Universidade de São Paulo. Veja mais sobre meu trabalho aqui.

4 comentários

  1. Eu gostaria de conhecer mais da “Pedagogia Científca” na aplicação a jovens e adultos entre os 15 e os 24 anos.
    Qd. ontem tentei usar o vídeo de Sónia Braga (Apresentação Memei), para ensaiar o sistema de audiovisuais da Aula Magna, o vice-reitor Luís Manuel dos Anjos Ferreira correu comigo. Ele não conhece, nem quis conhecer a “Pedagogia Científica”. Dei-lhe oportunidade de a vir conhecer pouco depois, pq. afinal já tinha mais de 100 anos. É assim que a Universidade de Lisboa se apresenta ao mundo:
    https://www.youtube.com/watch?v=T-Z15Q2QZ_Q

    Em Portugal, a generalidade dos estudantes de Medicina Veterinária escolhem o curso, pq não ingressaram em Medicina.
    Como é no Brasil?

  2. Sei que o Gabriel estará em Portugal, entre Setembro e Outubro. Estará disposto a receber um representante do nosso Ministério da Educação?
    Em alternativa, encaminharei as questões pela minha comanditada, do “Crescer Montessori”.

    Eu sei que estes comentários são públicos e por mim assim devem permanecer.
    Tb. aqui se procura escrever a história da minha geração:
    http://geracao-rasca.blogspot.com/2005/11/bof-gnration.html

Deixe uma resposta